sexta-feira, 2 de outubro de 2009

UEL EM CONFLITO COM REITORIA PELA CASA DO ESTUDANTE

Olá a tod@s!!!
Acabo de receber este email relatando a situação da casa de estudantes da UEL.
bj

E ae galera!
venho de forma bem informal pra contar o que ta rolando aqui na Estadual de Londrina-PR.

Desde maio, em torno de 20 estudantes estão ocupando o antigo prédio da moradia estudantil, fato este decorrente da diminuição de vagas que houve ao inaugurar o novo prédio da moradia situado no Campus da Universidade. De 140 vagas prometidas, a reitoria entregou apenas 80, deixando 40 desabrigados.

Pois é... dia 29 de setembro (terça feira), a compania de saneamento básico do município foi no prédio ocupado para efetuar o desligamento da água. Os estudantes de forma pacifica fizeram corrente humana para evitar que entrassem na moradia. Desta forma, a compania de saneamento chamou a polícia militar e uma retroescavadeira para realizar o corte no encanamento da rua. Cinco estudantes deitaram na frente da retro para impedir, mas a tropa de choque entrou em ação. Além de prendê-los, espancaram os estudantes a ponto de um deles ir parar no hospital.

Tive o desprazer de presenciar tais cenas que mais lembravam as repressões sofridas pelos estudantes em 1964, pois é..

Frente a isso, nos mobilizamos, fizemos ato no restaurante universitário na qurta feira (30 de setembro) e no mesmo dia a noite, fizemos uma intervenção na abertura do EAIC (encontro anual de iniciação científica). Como era de se esperar , o reitor não apareceu. Mas conseguimos denunciar através da fala concedida a nós de 5 minutos no evento as atrocidades cometidas pela gestão de Wilmar Marçal. Além disso, vaiamos e fizemos barulho durante a fala do representante do reitor.

Cabe ressaltar, que o processo acerca da moradia ocupada ainda está na justiça, na promotoria de curitiba. Até então nada pode ser feito contra os estudantes que lá resistem. A ação de cortar a aguá e, dia 30 de setembro de manhã, cortar a luz, faz parte da tentativa de minar o movimento dos estudantes que estão em vias de completar 150 dias de ocupação.

Contamos com moções de apoio de todas as entidades estudantis e sindicais possiveis.

PELA AMPLIAÇÃO DAS VAGAS NA MORADIA ESTUDANTIL E CONTRA A POLÍTICA DITADORA DE WILMAR MARÇAL, QUE TRATA ESTUDANTES COMO CASO DE POLÍCIA

___________
enviada pela lista da sence por Isabela Rosa / Jornalismo-UFSC
danilo, feop/se

Sencenne coord. regional

2 comentários:

ღ thalita martins ღ disse...

Alguém tem o contato de alguém residente da UEL p entrarmos em contato e mandarmos as moçoes de apoio?

Sence disse...

pelo que consegui "investigar" temos este contato lucybrauna@hotmail.com. Ao menos foi essa pessoa que repassou esta mensagem.

danilo, UFS

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Top WordPress Themes